Páginas

maio 14, 2013


Sentido que me dá, inexplicavelmente, saber-se antiga num instante;
como se já tivesse vivido essa vida, e outras.
Que pudesse talvez, expressar, contar... (como dizer?)
o mistério total que cabe dentro de nós.
Porque todas as manhãs quando se abre os olhos,
acontece esse milagre de vida.
O despertar é morrer e renascer. Todos os dias.
E todos os dias acontecem pequenos milagres.
O olho vê, o coração sente, a mente sabe, a alma...transvê.
¨É preciso transver o mundo!¨
E é preciso parar um momento e respirar profundo.
E Inspirar.
Encher-se e esvaziar-se: renovar-se.
É esse meu pedido vivo, de transformar a mim mesma.
----

certeza de que não mais morrerei. Pois já morri de idades imensas, e matei em mim, aquilo que deveria morrer. E perder o medo. E ganhar em troca o sorriso, a doçura, a vida que brota, a imensidão oceânica de ser muitas...
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário