Páginas

junho 28, 2013

Inverno aquecido


em vinho
dispersando vapores gelados
reservada; indolente e insone...
introspecção nas noites longas.
Uma fogueira, meus poemas
céu pontilhado de estrelas,
neblina e perfume de oleandros.
E aqui, tangerinas





2 comentários:

  1. Yule, de certo. Tempo de resguardo, lua do lobo. Época de estar e cuidar da matlha e de si. Bom tempo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Meu Yule particular, numas noites úmidas, geladas, no coração da Chapada. Bom tempo mesmo.

      Excluir