Páginas

outubro 31, 2013

Todas as Vertigens

Escrevia silêncios, noites, anotava o inexprimível.
Fixava vertigens.
Criei todas as festas, todos os triunfos, todos os dramas.
Tentei inventar novas flores, novos astros, novas carnes, novos idiomas.
Rimbaud

Um comentário:

  1. "E se de manhã esticava-me aos berros, nascia todo dia de mim mesmo, como se parisse um entojo, uma larva, qualquer coisa que esquecesse vida e forçasse a porta de entrada. E ao ver a luz do dia, aquela que está, mesmo quando não se quer ver, aqueci-me no resguardo de estar, eu mesmo, parido de mim de novo." - Olha aí o que seu blog me inspira. Risos. Isso vai pro meu blog agora. Acabei de ter vontade de escrever isto. hahaha

    ResponderExcluir