Páginas

março 31, 2014

          

                                           “..., não falta amor - falta amar.”  Amor, doçura e leveza: sempre
                                                                 — Caio Augusto Leite

2 comentários:

  1. Acho que nem é bem o caso de faltar amor. bom, talvez seja isso também, um pouco. Mas de se inverter a relevância de princípios, dando mais importância pra o sarcasmo e o cinismo, por exemplo...
    Não sei, é meu ver assim. (Mas saiba que você é bem querida viu?)
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erika, (és tu?) Chama-se projeção quando atribuímos a outrem, características nossas. Como o que não gostássemos em nós, fosse visto pelo olhar do outro, então é do outro. E na verdade é nosso, mas queremos inverter o espelho. É o Narciso invertido, que não gosta do que vê.
      Mas já deixei isso pra lá... Esquece.

      ps. Faça uma continha no blogspot, ou google... Só pra ficar mais fácil identificar. Se bem que acho que sei q é vc, quando cita filósofos. Passei a gostar mais, e me interessar, por seus estímulos.

      Excluir