Páginas

julho 22, 2014

Fragmentos

Se fosse apenas, era pena do vôo raso.
Desanuviar as vistas, e entre o antes e o depois, o inclassificável.
Refeita de ser previsível nome, pessoa, endereço, destino desfeito:
só enquanto inquietante.
O desassossegado durante.
Espaço, tempos, fração.
 Se me satisfizesse em ser aqui e agora, era quase nada.
Deslimite. Apago. Borro os bordos.
Meu princípio é ser o sempre.
É feita em pedaços, as partes, as partículas, a fragmentária parte que engloba o todo.

A escolha da hora.
O passo vagaroso.
Antítese das maneiras
desacostume.
Deleite do meio termo.
À folga da morte
à biografia dos começos.
A memória do tempo,
Nada está como é.



Não me explico. Palavras são parcas. Abstrações precárias.
Me entendo com o interior. Os silêncios cheios. As intuições.

Um comentário: