Páginas

julho 04, 2014

Pegar no instante

Pegar no instante, não é capturar o fugidio
nem eternizar a si mesmo pela palavra.
Seria antes a tentativa de sorver dessa fonte transitória.
Dissolve-se em aquarela de tintas.
Esquecer-se do que sabia.
Apagar o seu nome.
Apagar e reescrevê-lo,
Liberdade antes dos nomes
                                                                                              Poema meu, foto da web.
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário