Páginas

fevereiro 09, 2015

Bollingen

Face anterior da pedra de Bollingen, esculpida por C. G. Jung. A pequena figura no centro é a pupila (você mesmo) que você vê no olho de outra pessoa. A inscrição grega, traduzida por Jung, diz o seguinte: "O tempo é uma criança - brincando como uma criança -brincando sobre um tabuleiro de xadrez - o reino da criança. É Telésforo, que erra pelas regiões sombrias do cosmos e brilha como uma estrela elevando-se das profundezas. Ela indica o caminho para suas portas do sol e para a terra dos sonhos". 
(Memories, Dreams, Reflections, p.227) 

2 comentários:

  1. Após ver essa postagem, fui pesquisar do que se tratava a pedra de Bollingen, não conhecia a história
    da casa de pedra construída por Jung. Lugar incrível, repleto de simbolismos sobre a vida e a obra de Jung. Deu vontade de conhecer um dia.

    ResponderExcluir
  2. O doc ''Carl Gustav Jung- Questão do Coração'', é um dos mais bonitos e completos que já vi. Tem uma parte sobre a casa e suas criações esculpidas. Jung era o tipo pensamento-intuição, muito criativo! Além disso, tem comentários de Marie-Louise Von Franz, e de diversos companheiros de trabalho...
    Muito bom!

    ResponderExcluir