Páginas

janeiro 04, 2017

Deja vù - (atrasado)

Uma variável da mesma nota,
a mesma melodia ressoante, mas
que repercute de modo inusitado, como se fosso outro/a
Como se talvez nunca ouvido.

Sabe, como se essa melodia soasse,
uns dizeres, uns sons, grunhidos
Que apalpando as .t.exturas de minhas vozes
internas,
fizessem o som
mudo
surdo
alto
grande
alarde
discreto
honesto
meu
que dizia,
eu era um rapaz latino americano,
que ouvia um som som sem nome,
porque tudo tudo haveria de ter uma nomenclatura
e a deste som era o ensurdecedor,
e s p e r a r.
A coisa mais doída.
e doida, era o esperar.
Um som que dissesse aquilo que ele era,
e pra que veio.
Sem isso:
nome, sobrenome, endereço, destino, intento,
qual minto...  Nada és.
Tudo tudo inventas.
Nada és. Quem deras fosses...
E outros estares, bestas, tal como (como) Manô de Barros,
saberia dizer melhor, e tu não finalizas.

pronto.
cá. é fim.


Maria Ribeiro Photo

Nenhum comentário:

Postar um comentário